A terceira edição do Seminário Internacional: A Era BIM, que ocorrerá nos próximos dias 24, 25 e 26 de novembro, reunirá especialistas nacionais e internacionais, para discutir os desafios do Brasil prestes a dar um passo importante rumo à implementação do BIM: a obrigatoriedade da adoção das tecnologias em projetos e obras públicas da administração federal a partir de 2021. 

O evento é promovido pelo Sinaenco – Sindicato Nacional da Arquitetura e Engenharia, em formato totalmente online. As inscrições já estão abertas.

Além de discussões sobre a adoção da Modelagem da Informação da Construção em empreendimentos públicos de infraestrutura, o evento irá abordar transformação digital e inovação no setor de arquitetura e da engenharia consultiva.

De acordo com o vice-presidente de Arquitetura do Sinaenco, Eduardo Sampaio Nardelli, a Era BIM representa a maior transformação que o setor da construção enfrentou desde quando os projetos eram feitos em pranchetas. “O BIM representa uma mudança de paradigma, em lugar de desenhos de representação vamos passar à simulação, construindo modelos virtuais dos os espaços projetados desse modo o contratante passará a ter maior controle, precisão e economia na realização de empreendimentos públicos e privados”, ressalta Nardelli

Com temas como a contratação do BIM em obras públicas, bibliotecas BIM, interoperabilidade e lean construction, as atividades do 3º Seminário incluem palestras, mesas-redondas e apresentação de cases sobre inovação no setor de A&EC e sobre empreendimentos públicos e privados desenvolvidos em BIM. 

Dentre os mais de 30 especialistas que participarão do evento, esta edição contará com grandes nomes do BIM no mundo, como os norte-americanos Jeffrey W. Ouellette e Jonathan Ingram (conhecido como o pai do BIM), do inglês Finith E Jernigan (autor do livro BIG BIM Little BIM), do sulcoreano Ghang Lee (autor de Manual BIM), do nigeriano Moses Itanola (BIM África) e do Indiano Dr. Amarnath (BIM Índia), além do holandês Rob Roef e do português José Carlos Lino.

A inovação no setor da construção será tema de um painel específico, com apresentações da analista sênior de projetos da FINEP – Agência Brasileira de Inovação e gerente do Departamento Regional Sudeste, Andrea Leal, da superintendente de Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da SABESP, Cristina, Zuffo, e do Head de Inovação da Andrade Gutierrez, André Medina. Esse painel será mediado pelo engenheiro Rogério Moreira do Senai-SP.

O seminário contará ainda com apresentações do engenheiro e auditor do Tribunal de Contas da União, André Baeta, da diretora da Sehab-SP, Maria José Gullo, da arquiteta Patrícia Oliveira, da Infraero, do gerente de projetos da CPTM Eduardo Tavares e do Diretor de investimentos da Artesp. Pedro Brito.

O evento conta com o patrocínio de Autodesk, Dassault Systemes, Graphisoft, Acca Software, Amanco Wavin, BIM Works e Hilti.

Confira a programação completa e participe!

Implementação – De acordo com o decreto federal 10.306, de 2 de abril de 2020, a implementação da metodologia no setor público federal se dará de forma gradual. A primeira fase será a partir de 1º de janeiro de 2021, sendo o BIM utilizado no desenvolvimento de projetos de arquitetura e engenharia, referentes a construções novas, ampliações ou reabilitações. A segunda fase será a partir de 1º de janeiro de 2024. Nela, o BIM deverá ser utilizado na execução direta ou indireta de projetos de arquitetura e engenharia e na gestão de obras, referentes a construções novas, reformas, ampliações ou reabilitações. Já a terceira fase será a partir de 1º de janeiro de 2028.


Serviço

3º Seminário Internacional: A Era BIM

Dias: 24, 25 e 26 de novembro

Horário: das 8h30 às 13h15 (todos os dias)

Formato: 100% online

Inscrições: 3ª Seminário Internacional BIM

Informações: (11) 97666-6423